napeRx

napeR · @napeRx

2nd Jan 2019 from TwitLonger

2019 - Saída da Team oNe, agradecimentos e retrospectiva.


Comecei o ano de 2018 com a ideia na cabeça de que queria ser a melhor player do cenário e por mais que os prêmios e as outras pessoas não me considerassem a melhor player, eu acredito que me superei muito durante esse ano. Desde o fato de jogar e estudar ao mesmo tempo, os problemas pessoais aos quais eu tento me superar todos os dias e o quanto eu evolui como player/profissional durante esse ano foi absurdo para mim. Então, ouso dizer que 2018 foi um ano de superação.

Joguei três campeonatos presenciais (XLG Summer, GREENK e GameXP) onde dei o meu melhor. Somente em um saí como campeã mas foram eventos que eu curti demais jogar, principalmente a XLG Summer, onde foi um campeonato em que ninguém dava nada pro time e chegamos a tirar um mapa da melhor equipe de CSGO feminina com uma semana de time.

Ganhamos duas Ligas Femininas e alguns vices (padrão napeR) e durante um bom tempo do ano mantivemos a média de uma das melhores equipes femininas de CSGO do Brasil.

Infelizmente não nos classificamos pra BGC e nem pra GameCon mas os jogos na fase de qualificatório foram muito legais e emocionantes.

Tive a oportunidade de representar uma organização como a @teamoneesports e serei eternamente grata por tudo que a organização me proporcionou.

E também por poder compartilhar desse sonho junto da @imnat1_ @odarparayam @Mittens_lol @julihcsgo

Confesso que não foi nada fácil tomar essa decisão mas a vida é feita de ciclos e depois de um ano infelizmente esse ciclo chegou ao fim pra que novos ciclos possam ser vividos. Por isso, não faço mais parte da Team oNe para 2019.

Gostaria de agradecer primeiramente a may por ter confiado no meu jogo e por ter confiado no meu nome para o time, ao @kakavelT1 por abraçar a ideia e por tudo que nos proporcionou ao longo desse ano e ao @buzz_bruno que durante muito tempo cuidou de nós.

Por um período estávamos lutando fortemente pelo topo do cenário feminino e não sei como e nem quando nos perdemos dentro do jogo mas fico triste por isso porque o nosso time tinha total potencial de ser top 1 e infelizmente não conseguimos manter o desempenho que havíamos tendo no começo do ano.

Nem preciso dizer o carinho que tenho pela may, meu primeiro time competitivo foi com ela e tive a sorte de reencontrá-la e de certo modo, pra mim, fizemos história. A mittens é uma pessoa que me surpreendeu positivamente pela forma de ser porque pessoalmente é a pessoa que topa tudo, se eu disser pra ela: mittens vamos ali no inferno rapidinho abraçar o Lúcifer, ela vai dizer: VAMO DALE! e um dia quero viver na brisa que a julih vive, haha.
Os momentos em que estivemos juntas pessoalmente nos proporcionaram muitas histórias pra contar, os bootcamps, as tretas (alguém quer tomar um sorvete?), o carinho, foi tudo, tudo incrível e eu faria tudo de novo!

Jogar junto da nat também é algo que eu gosto muito, ter a oportunidade de dividir e realizar junto com a pessoa que você tem um relacionamento é algo desafiador. Confesso que em alguns momentos foi muito difícil separar o profissional do pessoal, principalmente quando algo MUITO ruim acontecia, mas faz parte da vida e do aprendizado.

Só tenho algo a dizer: sei que você quer um pouco da minha brisa, sei que você gosta muito desse clima... hahahaha

Gostaria de agradecer também a torcida dourada que sempre nos apoiou e sempre teve um carinho enorme por todas nós! Foi um prazer proporcionar alegrias pra vocês.

E no mais, que seja um até logo.
Não sei do meu futuro ainda, mas, quando souber avisarei todos vocês!

Obrigada à Team oNe e às meninas por tudo que me ensinaram durante 2018!

Boa sorte ao time! #goONE

Reply · Report Post